• Elaine Romano

Bert Hellinger sobre o papel de pai


“Quem muitas vezes é o mais excluído nas famílias? É o pai! A mãe tem uma tendência, por qualquer razão, de atrair os filhos pra si mesma, longe de seu pai. O que isso causa aos filhos? Aparta-os do mundo, e portanto, da vida. Somente através de nosso pai entramos em contato com o mundo. No passado, isso era sabido, o pai tinha que estar presente e sólido na vida real. Somente desta maneira se podia garantir a sobrevivência da família.

O que acontece com muitos filhos de hoje que têm que crescer sem seu pai? Por exemplo, devido ao fato de sua mãe ter se separado dele e os filhos têm que permanecer com ela, em geral, separados do pai? Ficam com os pés no chão? Ou se tornam estranhos a ele e, portanto, alheios ao mundo? Qual é o resultado final? Que os filhos estão zangados com a sua mãe. A paz se rompeu dentro da família. Como é possível restaurar de novo? Onde está a paz? A paz vem dos pais, dos homens. Daí vem a paz nas famílias, através dos pais. Quando a paz reina na família, todo mundo é feliz, incluso as mães e os filhos.

O trabalho das Novas Constelações Familiares está destinado, não somente por seu nome, a conduzir que os problemas das famílias se movam em direção a um campo de cura, possibilitando que todos os membros da família comecem uma viagem em direção à felicidade. A questão da culpabilidade não joga nenhum papel.”

“Los Padres” (2014)– Bert Hellinger

#Pai #Pais #ConstelaçãoFamiliar #BertHellinger

309 visualizações