Verdade, Coragem e Consciência por Joan Garriga

May 13, 2019

 

“Um pai e uma mãe resolvem presentear seu filho pelo aniversário de dezoito anos com uma chave de três dentes que possa ajudar a abrir as portas que a vida irá colocar diante dele.

 

Os três dentes representam a Verdade, a Coragem e a Consciência, recursos essenciais para qualquer pessoa avançar e ter uma boa vida. São três convidados que, como assistentes interiores, devem ser chamados frente a cada porta a se atravessar.

 

Em cada momento da vida, manter-se bem perto da sua verdade interior e tua experiência real, seja qual for, e a respeite. Este é o recurso da transparência, o de estar na vida sendo quem é e não outra coisa, pois o contrário é estar em um personagem, em um impostor. Quem vive a vida a partir de um personagem, se aleija de si mesmo e sofre inevitavelmente.

 

A coragem tem a ver também com a verdade, pois é o valor de se manter em seu caminho, em sua autenticidade. É viver arriscando-se a ser o que é e a dar o que tem, superando o medo do fracasso e da crítica.

 

O terceiro dente é a consciência, o dar-se conta, a atenção. O que significa que tem que estar sempre desperto e atento ao que está acontecendo, ao que está vivendo, à tua própria experiência, teu corpo, teu coração, tuas emoções, tua alma, desejos e temores. Somente assim reconhecerás em todo momento que é o que está acontecendo consigo mesmo e, assim, poderá decidir o que fazer com isso, como vivê-lo e expressá-lo.

 

Se usarmos essa chave, alcançaremos a vida boa, que não é nada além de ser capaz de pegar e liberar alegremente o que a vida nos reservou, ou seja, saber ganhar sem se perder e saber  perder ganhando a si mesmo.” 

 

Joan Garriga em “A chave Para uma Boa Vida”

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload